A chegada de um bebê é motivo de felicidade para toda a família. Mas ninguém vive tão intensamente essa emoção quanto a futura mamãe. Além dos exames periódicos, dos cuidados que toda gestante deve ter, das recomendações médicas, da procura por um nome e dos vários planos, uma das tarefas mais importantes é montar o enxoval do pequeno anjinho que está por vir. Muita gente gasta muito fazendo enxovais que são pura ostentação, mas com pouco dinheiro, boas ideias e disposição, dá pra montar um enxoval bonito, fofo e prático.


 


Coloque o enxoval do baby no orçamento familiar

Para equilibrar as contas, faça uma lista de quais e quantos produtos você precisa e pesquise os preços. A lista básica para estar preparado quando seu filho chegar em casa deve conter:


• Fraldas

• Algodão

• Lenços umidecidos

• Pomadas para assaduras

• Frasco de álcool 70% para limpeza do umbigo

• Toalhas

• Banheira

• Mamadeiras

• Chupetas

• Cadeirinha para o carro

• Carrinho para passeio

• Bolsas

• Berço

• Babá eletrônica

• Roupas


Faça um chá de bebê antes das compras, e não no final da gravidez. Capriche na lista, coloque tudo o que for necessário e deixe diferentes opções de lojas e várias sugestões de presente.


 


O guarda-roupas do bebê

Uma boa alternativa para economizar com as roupinhas nos primeiros meses, que é quando eles crescem mais rápido, é aproveitar bazares e promoções de lojas de fábricas de artigos para bebês. Geralmente, os preços são bem abaixo do mercado e tem boa variedade nas peças. Brechós infantis também são ótimas opções de compras. Com os itens básicos do enxoval bem planejados, dá pra investir nos primeiros brinquedos da criança, pensar na lembrancinha da maternidade e dormir tranquila, com as contas em dia.


 


O quarto do bebê

O quarto do bebê é um caso à parte. Ele é feito para a criança, mas é o sonho da mãe projetado num ambiente onde tudo deve ser lindo, fofo e encantador. Um lugar dos sonhos, tanto pra mamãe, quanto pro bebê. Mas é preciso segurar a ansiedade pra não comprometer o orçamento. O ideal é pesquisar, nas lojas e na internet, e pensar que logo a criança vai crescer e o espaço terá que ser readequado a sua idade.


 


E se você tem talento para as artes manuais, sua criatividade para o artesanato pode ajudar a criar roupinhas lindas e espaços encantadores para o seu bebê. Assim, os nove meses de espera serão divididos entre o seu amor pelas artes manuais e o seu amor pelo bebezinho, que vai crescer mais a cada e cada nova ideia.