Poucas coisas nesse mundo são tão exclusivas e personalizadas quanto o artesanato. Cada peça é única e todas elas vêm carregadas de história e muito amor. Dentre as várias técnicas, uma que chama atenção pela autenticidade de cada criação é o patch aplique, onde qualquer objeto deixa de ser um objeto qualquer.


 


Com muita criatividade e pouco dinheiro, é possível personalizar o que você quiser. A técnica é simples e o efeito causado é belíssimo. Se você quer aprender ou se aprimorar nessa técnica, é bom saber que não é necessário nem mesmo máquina de costura. Todo tecido que pode ser passado com ferro de passar ou ser caseado pode receber patch aplique: camisetas, roupas infantis, capas de almofadas, toalhas de mesa, banho e rosto, guardanapos, toalhas de louça, cortinas e o que mais a sua imaginação permitir. Agora que você já sabe em que fazer, aprenda como fazer:


 


A técnica é simples, mas requer paciência, boa vontade e delicadeza no trato do tecido e dos apliques. Primeiramente, é indispensável ter um molde de desenho, que é combinado com os tecidos. Em seguida, é montado o desenho depois de colá-lo na peça, e por último, caseia-se tudo. Faça um desenho no papel termocolante, depois passe um ferro em cima do tecido com o papel. Na sequência, depois de colado, o tecido é recortado e costurado em caseado, diretamente onde deve ser aplicado.


 


O que você vai precisar:


• Tecidos estampados de algodão 100%

• Ferro a seco

• Papel termocolante

• Molde com desenho

• Lápis 6B

• Linha para casear (meada)

• Agulha (pode ser uma com semiponta)

• Tesoura

• Tecido para aplicar o desenho


 


Para facilitar o seu trabalho, muitos armarinhos têm diversas peças já prontas, só é necessário aplicá-las. Porém, quanto mais você praticar, melhores serão suas habilidades e mais ideias surgirão. E aí, que tal se aventurar e se apaixonar por patch aplique?