Quer começar a bordar? Listamos algumas dicas para te ajudar:


* Um projeto pequeno deve ser o primeiro passo, assim você termina logo e se anima com o próximo.

* Antes de começar, escolha e planeje a cartela de cores, mas não se prenda a ela se não estiver ficando bom.

* Invista em bons materiais: pano, agulha, linhas de qualidade... em qualquer trabalho manual, matéria prima é tudo!

* Deixe comidinhas e bebida por perto para fazer pequenas pausas prazerosas.

* Um lugar iluminado e aconchegante faz toda a diferença. Saiba que bordar em locais escuros prejudica a visão.


* Imagine o que você vai fazer e como fazer, mas saiba deixar prá lá o que planejou e deu errado. Isso também faz parte do processo.


* Chame amigos para bordar e conversar. Companhia é tudo de bom.

* Organize-se do jeito que achar melhor. Cada pessoa tem o seu jeito. Guarde o seu material com carinho. É importante saber onde estão as coisas quando precisar delas.

* Monte um kit de bordado prático para levar na bolsa, uma versão mini, para aproveitar as horas perdidas do dia, na sala de espera do médico, no avião...

* Tenha sempre uma almofada de agulhas e alfinetes. Evite, assim, de espetá-los no sofá ou na cama e correr o risco de se machucar.


* A preguiça é inimiga do bordado. Não ficou bom? Desmanche e recomece

* Guarde os bordados que você começou e não terminou. Às vezes, depois de um tempo, você pode retomá-los com outro olhar.

* Por outro lado, não torne o abandono um hábito. É importante terminar. Não há nada mais gostoso que um bordado acabado. Você vai experimentar esta sensação!

* Faça um caderno de referências: guarde fotos, recortes de revista, embalagens, frases e tudo o que você gostar e se identificar. Qualquer desenho pode virar bordado.


 


Gostou? Mãos à obra!